quarta-feira, 21 de maio de 2008

"Cãodomínio"para cães abandonados


A Associação Amigos dos Animais (Soama) atualmente abriga cerca de 1.800 cães e gatos abandonados em Caxias do Sul (RS) e luta contra queixas da população da cidade. “As reclamações acontecem porque ainda há animais abandonados pelas ruas, mas precisamos de uma estrutura melhor”, afirma Natasha Oselame Valenti, diretora de marketing da ONG. De acordo com ela, ao todo, o local conta com aproximadamente 1.500 cães e 300 gatos, que vivem em canis e gatis, presos a correntes, em um terrenos de três hectares, localizado na zona rural da cidade. “Sabemos que mantê-los acorrentados não é o melhor. Se tivéssemos um espaço maior, teríamos condições de soltá-los, por enquanto isso ainda não é viável”, diz. Ainda segundo Natasha, os animais consomem mensalmente 12 toneladas de ração. “Temos uma dívida de R$ 18 mil com os fornecedores de comida”, afirma. Por meio da venda de camisetas, a ONG tenta arrecadar recursos para a manutenção do local. A Associação Amigos dos Animais conta com nove funcionários e 15 voluntários. (G1)

4 comentários:

Tati disse...

fiquei chocada com a reportagem que vi hoje, sobre esses animais abandonados....não posso ver esse tipo de coisa!adoraria ajudar....e também ver esses animais!

Alexandre (Rio de Janeiro) disse...

Parabéns pela excelente atitude, pelo carinho e respeito aos animais, embora ainda longe do que se deseja...

Hoje assisti a reportagem na TV RECORD e fiquei sensibilizado com a magnífica ação do grupo responsável pela Associação Amigos dos Animais (Soama).

Infelizmente são poucas as pessoas que amam os animais e algumas ainda fazem atrocidades como o abandono, o confinamento e a exploração, no caso dos animais utilizados para o transporte de carga.

O pior é que além do processo natural, a atividade de reprodução induzida praticada por alguns criadores, e que na maioria das vezes vivem desses ciclos, despejam uma quantidade irracional de lindos animaizinhos que em grande parte são rejeitados, abandonados ou confinados em cubículos sem a mínima condição de sobrevida logo após tomarem corpo e crescerem.
Em números consideráveis, os reprodutores pouco se importam pela continuidade da criação proposta no acordo entre as partes, no caso, deles com os adquirentes.

E aos que puderem responder: quando se fará valer de verdade?

-Decreto 4.645 de 10 de Junho de 1934 (Estabelece medidas de proteção aos animais) - Pres. Getúlio Vargas;

-Declaração Universal dos Direitos dos Animais (UNESCO);

-Lei 6638, de 08 de maio de 1979 -Normas para a Prática Didático-científica da Vivissecção de Animais;

-Portaria nº 117 de 15 de Outubro de 1997 do IBAMA (sobre
Compra e Venda de Animais Silvestres);

-LEI Nº 9.605, DE 12 DE FEVEREIRO DE 1998n (Dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, e dá outras providências);

-SUBSTITUTIVO AO PROJETO DE LEI N° 121, DE 1999
LEI DA POSSE RESPONSÁVEL (Estabelece a disciplina legal para a propriedade, a posse, o transporte e a guarda responsável de cães) – Substituitivo ao PL 116/2000 – Lei de Trípoli;

-Substitutivo ao Projeto de Lei 116/2000 (Disciplina a criação, propriedade, posse, guarda, uso e transporte de cães e gatos no Município de São Paulo);

- Lei n° 4591/64 (Animais em Apartamentos).

maria enchirida disse...

QUERO ADOTAR A CADELA QUE FOI ABANDONADA POR UMA FAMILIA QUE TINHA CRIANÇAS E FICOU TRISTE E EMAGRECEU MOSTRA OSSO DA FACE NAO ADIANTA ACHAR LINDO O TRABALHO CAODOMINIO TEM QUE ADOTAR TENHO SETE CACHORROS COM HISTORIA MUITO TRISTE ESSA CADELA ESTAR LA QUATRO ANOS ESPERANDO CARINHO TENHO TRES FILHOS ELES AMAM ANIMAIS SOU VOLUNTARIA DA ONGUI DA MINHA CIDADE MEU TELEFONE E 88564574 DD027

ALEXSANDRA disse...

ENTREI NESTE SAITE JUSTAMENTE P/ DESCOBRIR NOTICIAS DA CACHORRINHA QUE FOI ABANDONADA A4 ANOS P/ UMA FAMILIA QUE ESTAVA MAGRA E C/ OS OSSOS DA FACE APARENTE. FIQUEI ESTASIADA DE FELICIDADE POR SABER QUE UMA ALMA SANTA IDENTIFICADA COMO MARIA ENCHIRIDA SE SENSIBILIZSOU A PONTO DE ADOTÁ-LA. TERIA O MAIOR PRAZER DE ME COMUNICAR C/ ELA POR E'MAIL PARA SABER SE A CACHORRINHA MELHOROU.
GRATA, ALEXSANDRA